Capital à medida do país.

Que dizer da obra na Lapa/Infante Santo, em plena cidade de Lisboa? Que dizer da absurda situação de uma construção de milhões que entra pelos olhos a dentro de todos e, não obstante, tenha sido totalmente ignorada pelo Município, seus órgãos e agentes? Que dizer da pornográfica passividade dos cidadãos e associações da cidade e zona metropolitana contra uma construção ilegal. Será que em tanto milhões elite nacional não há sequer um - sim só um! - que, no meio de tanto cosmopolitismo, cultura, saber, recursos e meios, se rebele e reaja no sentido de fazer parar a execução da obra? Será que nem Ministério Público existe junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa ou, também, não deu pela obra?
A tanta pergunta nada se diz, limitamo-nos a constatar: É uma pouca vergonha! E mais se constata que para um pais inculto e atrasado, temos uma capital à medida: igualmente inculta, atrasada e terceiro mundista.
PS - Curioso "SOS Infante Santo" (http://www.sosinfantesanto.com/). Parece muita veborreia e pouca acção. Em especial, pouca acção popular.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

anular-se

ame.

aceite-se.

raiar

na compaixão