Curriculum a quanto obrigas.

O curriculum do sr. primeiro ministro e do ex-ministro e secretário de estado do ambiente do Governo de Guterres é, ao invés do que se quer fazer crer, matéria de natureza política, que não pessoal.
A sua fantasiosa existência levanta, no essencial, duas questões, a saber:

1º- O actual primeiro ministro, ex- ministro e secretário de estado do ambiente fez-se sempre se passar por engenheiro quando, bem sabia, que não era nem é titular de tal título e já assim se intitulava quando nem a pretensa licenciatura havia concluído.
Se um titular de cargos políticos a tanto se sujeita, e ainda por cima com desdém e arrogância que lhe é apanágio, que dizer? Só pode ser o grau zero. De tudo que o que se queira. Só lhe restando, num mínimo de decência e decoro, fechar a porta e demitir-se.

2º- O curriculum respectivo, por outro lado, demonstra à saciedade que o actual primeiro ministro nunca teve profissão ou qualquer experiência profissional. Nunca fez nada na vida para além de
ter sido e ser boy do respectivo partido. Um óptimo cartaz para a sua afirmada competência. Estamos, assim, esclarecidos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

aceite-se.

ame.

anular-se

raiar

na compaixão