é assim!

Responsabilidade

Passadas que são algumas semanas sem escrever – do que me penintencio –, eis que já somos, agora, chegados ao pós-anúncio das (provisórias) traves mestras das ditas medidas de austeridade com que o novo ano nos mimoseia.

Serve tal circunstância – e não é nada que verdadeiramente não se devesse expectar depois de décadas de enreigado, persistente e indisfarçável folclore e contínuo engodo para acéfalos, feito de betão, pão e água, com que muitos (a maioria e muitas das maiorias das minorias) se deixaram moldar – para centrarmo-nos num conceito filosófico essencial, e não na pequena e corriqueira realidade, qual seja o da Responsabilidade.

O qual conceito, e sua consequência, que, por estes tempos, assaz queima, muito mais que lume. É limitar-se a vê-los, pois, a sacudir a água do capote com a maior desfaçatez, quando se impunha precisamente o inverso.

De facto, a responsabilidade (cuja origem linguística provem do grego (“respon” = independência) e do latim (“sabili” = sábio) determina e impõe, no essencial, que cada um, na sua inerente subjectividade, responda pelas suas próprias acções.

E sempre que as suas condutas e escolhas sejam, como devem ser e por norma são, produto exclusivo (maior ou menor) do seu livre-arbítrio (e, portanto, da livre determinação, vontade e liberdade também).

E isto independentemente da concreta tipologia de responsabilidade que, em cada momento, nos defrontemos e da intensidade com que as mesmas se revelam.

Significa, portanto, que sem a assunção plena da responsabilidade de cada Um – e a moda é, ao invés, a de alijar “ad nauseam”, apesar de que responsabilidades existem que jamais e em tempo algum se pode alijar e que pode-se ter por certo e seguro que a seu tempo a factura rendilhada ser-nos-á rendida sem apelo nem agravo – o Ser ontologicamente involui.

Quando só Lhe cabe naturalmente evoluir.

Paradoxal, como se vê.

in Diário Cidade.

Comentários

Allana T. disse…
excelente blog!!! visite o meu tb

http://allanatlarsen.blogspot.com/
Claudia Perotti disse…
Recebi teu livro! Amei amei ameiiiiiiiii! Agradeço imenso!

Beijinhossssssss

Mensagens populares deste blogue

aceite-se.

ame.

anular-se

raiar

na compaixão