Que dizer?

O que se diz quando tudo implode, absurdamente e sem uma mínima réstea de resistência, lógica e de inteligência? Como se diz quando tudo se esvai num gélido torpor? Que dizer quando, afinal, só se pode não ser? Que dizer quando o elementar sentido das coisas se perde e nem ele nos conforta?

Comentários

Su disse…
nada se diz...

sente.se


jocas maradas de dias melhores
Claudia Perotti disse…
Penso da mesma maneira que a Su.
Não há nada a dizer, é só sentir!

Beijinhossssss

Mensagens populares deste blogue

anular-se

ame.

aceite-se.

raiar

na compaixão