O vagalhão da escarpa

Mais valia ter deixado em paz o Lugar de Baixo e não ali ter plantado uma Marina. Agora já não são só ondas de tipo vagalhão. É o vagalhão da escarpa que, se a "cabana" abana, vai abaixo... sujar a linda Marina, de inglês ver. Será que na azáfama do "desenvolvimento" lembraram-se da escarpa? Ou voltaram a fazer de conta?

Ops! A bem da moral e bons costumes (?), o vagalhão do Lugar de Baixo virou vagalhão do Tecnopolo. Com recuos maiores que o dito.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ame.

anular-se

aceite-se.

raiar

na compaixão