Quais?

Silêncios que são de ouro. E silêncios que são tormentas ensurcedoras. Quais deles os melhores?

Comentários

Sem dúvida nenhuma: aqueles que UNEM!
directriz disse…
também os prefiro. mas nem sempre se os tem!
nikonman disse…
Prefiro os silêncios que dizem tudo!
directriz disse…
e há os que tudo dizem?
A demanda desses silêncios pode resumir uma vida inteira... mas há que realizá-la!... :)
Por todos os meios, acrescentaria eu. É a essência da vida.
Rosa dos Ventos disse…
Há silêncios de paz...
Desses também gosto!
Abraço
directriz disse…
Paz! São bons.
Mas, afinal, o que é paz?

Veja-se outros silêncios no Le Nozze Di Figaro [http://lenozzedifigaro.blogspot.com/2007/08/silncios.html]
Carla disse…
Prefiro os silêncios que não magoam.
directriz disse…
Isso é candura, não é?
Carla disse…
Às vezes é candura, admito! :)

Mas um silêncio daqueles que dispensam palavras, um silêncio feliz, é bestial!
Rui Caetano disse…
O silêncio tem muitas vozes, mas para ouvi-las, por vezes, é preciso estar calado de olhar à espreita. Assim ouvimos tudo!!
Vênus disse…
.........mas que silêncio na tua casa.............volta!

Mensagens populares deste blogue

anular-se

ame.

aceite-se.

raiar

na compaixão