Assim seja, pois.

Seguindo o mais possível a máxima do anterior post, uma seca nota en passant:
- relatório da inspecção ao Município do Funchal: pelo frenesim que por aí parece ir, já se está a ver que vão todos dar umas palmadinhas nas costas do sr. presidente da Câmara Municipal. Uns porque sim - os seus correlegionários próximos. E outros porque limitam-se absurdamente a verborrear ad nauseam. Sem que saibam - e, portanto, sem que possam praticar - o que seja consequência, perspectiva e estratégia. E sem que alguém lhes esclareça o que é evidente e ostensivo. Já o ditado diz: bem prega Frei Tomás... E com estes "santos", o "pecador" já se converteu e tem assegurado o glorioso caminho do reino dos céus. Assim seja, pois.


Leia os posts:
Perda de Mandato e Dissolução; "Autarcas Perdidos? Ou não?"; "Erro de casting"; "O objectivo"; "À medida"; "Miséria"; "O "hábito"";

Comentários

Obrigada pela referência... com que então somos "lá de fora", no Nozzze di Figaro?... ehehhe
Gostei dos seus blog! Muito interessantes!
directriz disse…
O prazer é nosso. E agradecemos a simpatia.

Mensagens populares deste blogue

anular-se

ame.

aceite-se.

raiar

na compaixão