Simples.

Foto: Mad
"Coisas simples com significado.
É curioso ver que ambos lemos o mesmo livro.
Recomeçaste porque sentiste necessidade de ler este grandioso livro.
Eu, dias depois, olho aleatoriamente para a estante dos livros e o primeiro que me salta à vista é precisamente o mesmo livro.
Quando me disseste o que estavas a ler procurei-o por entre os meus livros e não o encontrei.
Agora partilhamos edições diferentes d´A Insustentável Leveza do Ser de Milan Kundera."

Escrito por Madalena em À luz dos dias. Podemos fazer de conta que fui eu que escrevi?

Comentários

João Espinho disse…
:-)
http://www.pracadarepublicaembeja.net/?p=6912
directriz disse…
joão: :). com razão.
Nilson Barcelli disse…
Obrigado por te lembrares de mim.
Abraço.
Rui Caetano disse…
Também já li este livro e adorei.
"Se cada segundo da nossa vida tiver de se repetir um número infnito de vezes, ficamos pregados à eternidade como Jesus Cristo à cruz. Que ideia atroz!" in: A Insustentável Leveza do Ser.
directriz disse…
nilson: como já disse, o prazer é todo meu.
rui: e é assim efectivamente.
PauloPereiraGouveia disse…
De facto, um dos melhores livros que já li.
Sugiro, também do mesmo autor, "A imortalidade" e "O Livro dos Amores Risíveis".
Su disse…
imenso...o livro....
e os acima mencionados tb----

jocas maradas
directriz disse…
Creio já ter lido "O Livro dos Amores Risíveis". Mas nada se compara com A Insustentável Leveza do Ser. Este, para mim, não é um livro. É o livro!
Ribatejana disse…
Excelente escolha! Perdi o meu num avião, mas vou comprar outra vez para ler o final. :)

Mensagens populares deste blogue

ame.

aceite-se.

anular-se

raiar

na compaixão