rien ne va plus.

Hoje e agora? Sigilosamente, nada! Mais valia que fosse ontem ou anteontem, que nada foi também. Ou será que foi só aparência de ser quando nada é? Ou nada ser quando é?

Tou desejoso. De apalpar os moles à fashion-ex-futura-presente-passada-hot acção [de perda de mandato]. Será que já entrou ou já saiu não entrando?

Comentários

directriz disse…
rui: assim a cidade e o mundo já pode descansar...

Mensagens populares deste blogue

aceite-se.

ame.

anular-se

raiar

na compaixão