[only for me]

Se escrever soubesse - e sou mais ignorante que o mais singelo e rude dos ignaros! - dir-te-ia, só a mim mesmo, que é uma rarissíma preciosidade quando Alguém se nos lembra e nos é lembrado. Mas como isso não sei dizer nem expressar, só me aponto surdamente para um lúgubre e tortuoso caminho: o do esquecimento.

Comentários

Nilson Barcelli disse…
Isso é para despachar Alguém...?
E ainda dizes que não sabes escrever... eu despacho com muito menos requinte...
Abraço.
directriz disse…
nilson: não.
o antetítulo diz tudo: only for me, so... is for me.
Vênus disse…
Falando baixinho..................

".........As letras dormiam na noite inclinada..." H. Helder

Quando queremos esquecer é pq já não conseguimos deixar de lembrar...

Kiss
Claudia Perotti disse…
esquecimento? Nunca!
Beijinhossssss
Márcio Pimenta disse…
Ficou muito lindo. Ainda que apenas para você.

Beijos!
Su disse…
pois bem, aqui estou eu pq te lembro e não permito que te esqueças......de ti........

opss sou assim teimosa:)::) ranhosa, enfim..paletes de defeitos


jocas maradas
Geraldo disse…
Olá Directriz,

Penso que em algum momento quis expressar um sentimento no qual me faltaram as palavras. Estas palavras se encaixam perfeitamente neste texto "only for me".
Um abraço aqui do Brazil.
Geraldo
directriz disse…
vênus: faltam-me já adjectivos para expressar a leveza das tuas palavras; vou passar a ler o H. Helder...

claudia: é sempre esse o desejo.

márcio: eu gosto. e ainda mais por achares que ficou lindo [espero que a ida e regresso tenha sido bom...].

su: não creio que assim seja. agradeço as palavras e a intenção que elas manifestam.

geraldo: ainda bem que ajudei. muito me satisfez sabê-lo. volta sempre.
Anónimo disse…
Estimado Amigo Rogério Freitas Sousa

A Sua passagem é sublime...
Na conduta, vivida e sentida, há quem persita seguir as palavras de Alexandre Herculano: " Há neste tempo dois caminhos a seguir; um estrada larga, batida, plana, sem precipícios, mas que conduz à prostituição da inteligência; outro, vereda estreita, tortuosa, malgradada, mas que se dirige ao aplauso da própria consciência".

Um abraço

Élvio Sousa

Mensagens populares deste blogue

ame.

anular-se

aceite-se.

raiar

na compaixão